icone transparencia cosems     icone politicas publicas     icone transparencia minas     icone projeto conasems
         

Monte Alegre de Minas conclui vacinação contra a febre amarela em 100% do seu território

on 02 Maio, 2017

A campanha de vacinação contra a Febre Amarela na zona rural terminou no dia 31/03, com a visita das equipes de vacinação em todas as regiões do município, no trabalho de prevenção contra a febre amarela. Ao todo foram visitadas 3.396 localidades distribuídas pelos 2.595,957 km² de área do município. Foi realizada uma grande força tarefa envolvendo o Controle de Endemias, Coordenação de Atenção Primária à saúde, Setor de Imunização, Setor de transporte que juntos participaram desta grande mobilização estratégica para ir de casa em casa em toda essa imensa área territorial.

De acordo com o secretário de Saúde, Gustavo Vasconcelos Tannus, esta Campanha de Vacinação contra a Febre Amarela terminou na Zona Rural, mas o trabalho não para, a equipe de vigilância epidemiológica mantém em alerta e a vacinação continua na cidade em todas as Unidades de Saúde e no sábado dia 8 de abril haverá um dia inteiro, das 08h às 17h dedicados exclusivamente para vacinar nossa população contra essa perigosa doença.

“Assim todas aquelas pessoas que ainda não vacinaram, de maneira preventiva para combater a febre amarela, procure as Unidades de Saúde com seu cartão de Vacinação para ser vacinado”, alertou o secretário que agradece o “empenho de todas as equipes, dos proprietários das fazendas que apoiaram as equipes enfim todos que fizeram desta campanha um grande sucesso”.

Lembrando que você não precisa vacinar se:
1) Tomou a vacina com menos de 10 anos.
2) Se já tomou as duas doses.

No Estado de Minas Gerais, até o dia 14, data do último boletim da Secretaria Estadual de Saúde, 1.090 casos de febre amarela haviam sido notificados, dos quais 57 foram descartados e 310 confirmados. Em relação aos óbitos, foram notificados 191 óbitos, dos quais 110 vítimas de febre amarela. Já em relação a Epizootias (morte de macacos com a doença) 101 municípios confirmaram mortes.