icone transparencia cosems     icone politicas publicas     icone transparencia minas     icone projeto conasems
         

Secretaria Municipal de Saúde de Sete Lagoas promove ações contra a Dengue, Chikungunya e Zika Vírus

on 31 Outubro, 2018

A Secretaria Municipal de Saúde de Sete Lagoas realizou operações de bloqueio com inseticida para contenção da propagação dos casos de Dengue, Chikungunya e Zika Vírus (Arboviroses) estão acontecendo em diversos bairros do município de Sete Lagoas. Nas últimas semanas, o bloqueio vetorial aconteceu nos bairros Glória, Orozimbo Macedo, Bernardo Valadares, Interlagos I, Belo Vale I, Bela Vista, Luxemburgo, Verde Vale, Flórida, Iporanga II, Alvorada, Jardim Europa e Vila Brasil.

Os Agentes de Endemias juntamente com os Agentes Comunitários de Saúde, continuam as visitas aos 117.213 imóveis cadastrados. Até o final do mês de Setembro foram realizadas 59.254 visitas, que correspondem a 50,5% de cobertura de todo o município. A Equipe que realiza o Tratamento Focal e LIA (Levantamento de Índice Amostral) nas localidades isoladas urbanas (Zona Rural), continua com as atividades. Foram vistoriados 1.627 imóveis nos povoados de Tamanduá, Goiabeira, Riacho do Campo, Brejão e Quintas da Varginha. Foi encontrado um foco nas localidades de Goiabeira, Brejão e três na localidade de Quintas da Varginha.

Foram notificados 438 casos suspeitos de dengue, sendo 37 casos confirmados e 401 casos descartados. Foram notificados 20 casos suspeitos de Zika Vírus: 12 casos em gestantes, sendo as 12 negativas, 08 casos de Zika Vírus na população em geral, sendo os 08 descartados. Houve 17 notificações de Chikungunya, sendo 02 casos positivos e 15 casos descartados.

O Gerente do Centro de Combate a Dengue, Adriano Marcos Pereira de Souza ressalta que as ações de mobilização continuam em toda cidade. “Os Agentes de Endemias que executam as atividades de Mobilização e Educação em Saúde continuam realizando ações junto à população através de palestras e teatro em escolas e nas Unidades de Saúde do município, stands em espaços públicos e privados, visita casa a casa nos bairros com alto índice de infestação e onde possui o maior número de casos notificados da doença”. Ele explica ainda sobre o projeto Reciclemais, que está sendo desenvolvido em diversas escolas. “Os alunos das Escolas Municipais e Estaduais do município estão se empenhando no Projeto “Reciclemais” no recolhimento de inservíveis nas regiões próximas às escolas. O Projeto está sendo desenvolvido em dez escolas e conta com parcerias de sacolões e ferros-velhos do município”, finaliza.

Denúncias podem ser realizadas através do Disque Dengue 160 ou por meio do telefone 155 da Secretaria do Estado (SES).

O Disque Dengue recebeu 172 denúncias em 2018, das quais todas foram atendidas.

 

zika sete