icone transparencia cosems     icone politicas publicas     icone transparencia minas

Realização da I Semana Municipal da Saúde Bucal no Município de Uberaba

on 29 Novembro, 2017

O município de Uberaba, através da Lei Municipal Nº.12.608/17, instituiu a "Semana Municipal da Saúde Bucal no Município de Uberaba", a ser realizada, anualmente, na semana do dia 25 de outubro.

O objetivo desta Lei, é de, por meio de ampla campanha de conscientização, orientar à população sobre a importância do cuidado com a higiene bucal e das práticas saudáveis, como meio eficaz de prevenir o câncer de boca, a cárie, a doença periodontal e outros agravos associados ao sistema estomatognático, incentivando dessa forma, a criação de hábitos que contribuam para a melhoria da qualidade de vida e a consequente diminuição da incidência das doenças bucais na população uberabense.

A realização da I Semana de Saúde Bucal e a elaboração da programação foi desenvolvida com a participação do Departamento de Saúde Bucal da Prefeitura, do Conselho Regional de Odontologia, da Associação Brasileira de Odontologia, do Curso de Odontologia da UNIUBE e da Câmara Municipal de Uberaba.

Para este ano, o tema escolhido foi “Prevenção ao Câncer de Boca”, com uma programação ampla, que foi bem além das palestras educativas objetivando o restreamento em setores diversificados da sociedade como pode ser visto abaixo:

• Abertura da I Semana de Saúde Bucal com O Tema: Prevenção ao Câncer de Boca, com a realização de 04 cursos sobre Diagnóstico das Lesões Bucais realizado no Anfiteatro do Centro Administrativo, para todos os cirurgiões- dentistas da rede pública, rede privada e alunos do Curso de Odontologia.
• Durante a semana todas as Equipes de Saúde Bucal do município realizaram ações de Promoção da Saúde Bucal e Prevenção do Câncer de Boca. As pessoas não precisavam agendar consulta, era só comparecer a uma das unidades que fazem parte da campanha para ser atendido pelos cirurgiões-dentistas.
• Realização de Exames preventivos de rastreamento de Câncer Bucal nas 28 Unidades Básicas de Saúde e nos 08 pontos de apoio na zona rural;
• Realização de Exames preventivos de rastreamento de Câncer Bucal nos Asilos.
• Realização de Exames preventivos de rastreamento de Câncer Bucal na Companhia de Água de Uberaba;
• Realização de Exames preventivos de rastreamento de Câncer Bucal em Fábricas e em Empresas de Uberaba
• Realização da Blitz Educativa, no dia 27/10/17 na Praça Rui Barbosa, das 8h às 11h com ações de Promoção de Saúde e de Prevenção do Câncer Bucal em parceria com alunos do Curso de Odontologia da UNIUBE.
• Distribuição de cerca de 8.000 folhetos explicativos sobre o câncer de boca.
• Realização de Exames preventivos de rastreamento de Câncer Bucal nos domicílios das pessoas acamadas na área de abrangência das Equipes Saúde da Família.
• Os portadores de lesões bucais, foram encaminhados a tratamento e orientação no Serviço de Estomatologia Bucal da UNIUBE.

Em números obteve-se os seguintes resultados:

• 04 palestras para os Cirurgiões Dentistas, Técnicos e Auxiliares De Saúde Bucal;
• 8000 folders educativos entregues nas comunidades;
• 2943 Orientações individuais;
• 2371 Entregas de kits de higiene bucal;
• 1999 Exames preventivos de câncer bucal;
• 680 Pessoas na Blitz Educativa na Praça Rui Barbosa
• 148 Lesões bucais identificadas e encaminhadas (UNIUBE);
• 139 Educação em Saúde realizadas nas URS’s ,UMS’s,UBS’s,Asilos,Empresas e CAPS’s.

Segundo Márcia Nomelini – Chefe do Departamento de Saúde Bucal/SMS Uberaba – O Câncer de boca afeta lábios e o interior da cavidade bucal e os principais fatores de risco são o tabagismo, etilismo e exposição à radiação ultravioleta (UVA) solar. Este último para o câncer de lábio.

É necessário que haja um diagnóstico precoce realizado por meio do exame clínico dos tecidos da boca por um profissional de saúde capacitado que pode identificar tanto lesões potencialmente malignas quanto o câncer em estágios iniciais, possibilitando assim um acesso mais rápido aos serviços de saúde e consequentemente um tratamento menos agressivo e o aumento da sobrevida.

Durante as orientações da população e nas visitas domiciliares aos pacientes acamados, enfatizamos também sobre a importância da realização do auto-exame bucal com a distribuição dos folders educativos.

A campanha possibilitou diagnosticar várias lesões de boca assintomáticas e potencialmente malignas através dos exames realizados e também possibilitou a oportunidade para a educação da população sobre a saúde bucal e a importância do diagnóstico precoce das LPMs e/ou câncer bucal.