icone transparencia cosems     icone politicas publicas     icone transparencia minas
         

Região de Alfenas e Pouso Alegre: 70% dos municípios receberam visita de apoiador

on 10 Fevereiro, 2017

O apoiador das regiões de Alfenas e Pouso alegre, Carlos Henrique da Silva, já concluiu 70% das visitas nos 79 municípios que fazem parte da sua área de apoio. Ele explica que tem sido uma experiência muito enriquecedora, pois 60% da cidades são de pequeno porte e 80% dos gestores estão chegando no cargo pela primeira vez. "Chegamos com a informação e com o apoio que eles precisam, então a receptividade não poderia ser melhor. Todos ficaram impressionados quanto a forma como o COSEMS atua: priorizando a parceria, municiando de informações e estimulando uma gestão transformadora", explica o Apoiador.

Carlos sempre se informa sobre o perfil da cidade que visitar, faz pesquisa e se lê sobre os problemas das cidades. "O momento de crise atual é uma oportunidade de reflexão e de mudança de postura. Percebi os novos gestores muito animados, mesmo com a crise", acrescenta.
A estratégia do COSEMS de visitar os 853 municípios mineiras é pioneira no estado e no Brasil. Teve início no dia 10/01/2017 e irá percorrer 58mil km (confira o mapa com atualização diária) em todo o estado. Os 22 apoiadores regionais do COSEMS/MG estão levando aos gestores municipais de saúde informações sobre as politicas, programas e estratégias de saúde para um SUS forte.

Além disso, os apoiadores também estão apresentando o COSEMS/MG e a importância da mobilização e participação dos secretários municipais de saúde nos espaços intergovernamentais, políticos e técnicos de planejamento, de negociação e implementação das políticas de saúde pública, como as CIR, CIRA e CIB.

De acordo com a presidente do COSEMS/MG, Kátia Barbalho Diniz Costa, o objetivo do COSEMS com essa iniciativa é viabilizar cada vez mais a participação dos secretários municipais de saúde nas decisões tomadas pelos órgãos municipais, estadual e federal; e lutar pela municipalização da saúde e pela ampliação e o cumprimento dos repasses dos recursos financeiros para a saúde pública. “Diante do atual cenário econômico no qual o país se encontra – sofrendo os efeitos de uma crise severa – os gestores terão de lidar com grandes desafios nos próximos 4 anos. Portanto, o nosso papel é apoiá-los na continuidade e fortalecimento das políticas de saúde do Estado”, complementa.

Botelhos(Botelhos)

Areado(Areado)

Coracao do Bom Jesus(Coração do Bom Jesus)

Machado(Machado)

Turvolandia(Turvolandia)