icone transparencia cosems     icone politicas publicas     icone transparencia minas
         

Presidente do COSEMS/MG participa do Seminário Estadual sobre Arboviroses

on 18 Dezembro, 2018

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais (COSEMS/MG) participou, nesta terça-feira (18/12), do Seminário Estadual sobre Arboviroses, realizado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), com o intuito de fazer uma retrospectiva sobre os casos de dengue, zika, chikungunya e febre amarela nos últimos anos, além de debater sobre os futuros desafios para realizar ações efetivas de vigilância em todo o Estado.

O evento contou com a participação de gestores e técnicos dos 101 municípios sede de microrregiões de saúde, das Regionais de Saúde do estado e equipe de transição, além de representantes da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e do Ministério da Saúde.

O presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais (COSEMS/MG) e Secretário Municipal de Saúde de Taiobeiras, Eduardo Luiz da Silva participou da mesa de abertura do evento, e em sua fala, ressaltou sobre a importância da SES realizar este momento de discussão e troca de informações, sobre um tema que vem afetando a saúde de tantos mineiros e alertou sobre a necessidade dos municípios realizarem ações efetivas, para evitar o crescimento do número de casos das arboviroses no Estado.

O Presidente Eduardo advertiu sobre o quanto é fundamental, que a população se envolva nestas ações para que aconteça um real combate ao Aedes. “Precisamos criar novas estratégias para enfrentar o Aedes, e para isso, é necessário que a população assuma de forma urgente a responsabilidade para cuidar da própria saúde. Se cada um fizer a sua parte no controle dos focos, teremos um grande avanço no enfrentamento da dengue, zika e chikungunya”, destacou.

Durante a programação, que seguirá até quinta-feira (20/12), serão abordados diversos temas, como controle vetorial do Aedes, desafios da assistência aos pacientes, organização dos serviços de saúde, pesquisas sobre febre amarela entre outros temas fundamentais para o enfrentamento ao Aedes em Minas Gerais.

 

chefe abroviroses

Foto: Marcus Ferreira